Canil especializado na Criação de Filhotes das Raças com Pedigree Shih Tzu e Lhasa Apso - canil,criacao,racas,raca,pedigree,animais,animal,venda,cuidados,cachorro,cachorrinhos,caes,cao,filhote,criacao,shih tzu,shih-tzu,lhasa apso,lhasa-apso,rações,ração
Página Inicial - Canil especializado na Criação de Filhotes das Raças com Pedigree Shih Tzu e Lhasa Apso Conheça nossa história Canil especializado na Criação de Filhotes das Raças com Pedigree Shih Tzu e Lhasa Apso Conheça os filhotes disponíveis de nosso Canil -  especializado na Criação de Filhotes das Raças com Pedigree Shih Tzu e Lhasa Apso Conheça as instalações de nosso Canil -  especializado na Criação de Filhotes das Raças com Pedigree Shih Tzu e Lhasa Apso Dicas Fale conosco Na Mídia - Canil especializado na Criação de Filhotes das Raças com Pedigree Shih Tzu e Lhasa Apso Links interessantes do canil

Dicas

Nossas Dicas Para Você – Os Primeiros Cuidados

Ana Kramer - Canil Christal Kramer

Você está levando seu filhote para sua nova casa. Para ele tudo é novo, ele não conhece a casa nova e as pessoas da família também são desconhecidas. É normal que ele inicialmente fique quietinho, parado. Que não queira comer nem beber logo que chegar. Aos poucos, ele vai relaxando, e tudo vai entrando nos eixos.

Nossos cães comem a ração Premier, e no caso do seu filhote, é a Premier Raças Específicas Filhotes, que é uma ração super premium. O ideal é alimentá-lo três vezes ao dia, e na idade atual dele, na quantidade sugerida pelo fabricante. Hoje, se ele tem em torno de 1kg a 1,5kg, eles sugerem de 65 a 95 gramas por dia (1 xícara de chá = 100g). Dividida em 3 porções, ou seja, café, almoço e jantar. O ideal é colocar a ração, deixar por 20 minutos ou meia hora, e caso ele não coma tudo, você deve recolher a ração e guardar. Nas próximas refeições, faça a mesma coisa. Com isso, fica mais fácil "treinar" o intestino do filhote! O que muitas vezes se nota é que os filhotes têm horários de preferência. Deve-se evitar dar ração na boca, pois eles acostumam, e depois não querem comer de outro jeito.

Se você deixar seu bebê solto pela casa, ele vai fazer as necessidades na casa inteira! Ele não tem culpa, porque ele é muito novinho, e não tem controle... No começo, o ideal é limitar o espaço do bebê, para iniciar o ensinamento. Ele conhece jornal (no canil as maternidades são parcialmente forradas de jornal), mas sua casa é um “Maracanã” para ele!! Nossa sugestão é limitar o espaço para que ele aprenda mais rápido. Forre de jornal uma área restrita (por exemplo, a área de serviço de um apartamento). A cada dia, diminua a área forrada e seu bebê certamente acompanhará o jornal. O que ajuda bastante é aproximar um jornal “molhado” com urina do local onde efetivamente você deseja que ele aprenda a fazer as necessidades. E à medida que ele acerta, comece a liberar os espaços para ele. Quando ele estiver bem treinado, onde quer que ele esteja, ele vai se dirigir ao “cantinho” das necessidades para fazer!

Sugerimos o uso do Sanitário Pipi Dolly’s para o ensinamento das necessidades. Eles aprendem a fazer xixi no Pipi Dolly’s e ficam sempre com as patinhas secas, não pisam na urina!! Mais detalhes sobre o produto no site www.pipidollys.com.br.


A caminha, a água e a comida do seu bebê devem ficar no mesmo ambiente, mas distante do local onde você deseja que ele aprenda a fazer as necessidades... Os animais são muito limpos, mas nós devemos ajudá-los! Eles não fazem as necessidades perto de onde comem, bebem e dormem!

Em nosso canil, todos os nossos cães (adultos e filhotes) bebem água em bebedouro de bilha, que é excelente para que eles não se molhem (todo animal, ao beber em “potes” de água, se molha, e além de ficar com mau cheiro, pode ter problemas de pele decorrentes da umidade). Já uso este tipo de bebedouro há quatorze anos (até então, todos os meus cães bebiam água em bebedouros normais, como os comedouros, e eu já há tempos procurava uma alternativa, já que além de ter alguns cães que adoravam "patinar" na água, todos os cães de pelagem longa (com "barbinha") ficavam molhados, o que não era nada saudável, nem higiênico, além dos animais ficarem logo com mau cheiro na região próxima à boca. Então, esses bebedouros foram a solução perfeita: água sempre limpa, cães sempre sequinhos. Todos os meus animais, sem exceção, aprenderam rapidamente. Todos os nossos filhotes sabem beber nele: à medida que vão aprendendo a andar, em torno de 30 dias de idade, aprendem a beber, imitando suas mães.

Bebedouro de bilha

Atualmente os comportamentalistas sugerem educar o filhote pelo reforço positivo ao que o filhote faz certo (muito mais do que repreender o que o filhote faz errado). Por quê? Porque, ao elogiarmos e premiarmos o filhote pelo que ele faz de bom, ele fica positivo também, ou seja, aprende a agradar para ser agradado! Isso não quer dizer que não possamos repreender o filhote... Mas devemos usar comandos curtos. Para repreensão e para elogios também. Comandos como “não” e “bonito”, por exemplo. O “não”, claro, para repreendermos, e o “bonito”, para elogios. O tom do “não” é completamente diferente do tom do “bonito”, e o animal rapidamente vai reconhecer o elogio ou a repreensão pelo tom que usamos. O elogio também pode ser um biscoito (de cachorro, claro), ou um brinquedo que seu bebê gosta. Isso é o reforço positivo: ao “premiarmos” nosso cão quando ele faz alguma coisa legal ou quando acerta o lugar do xixi, ele sempre vai querer acertar (o que nos agrada) para ser agradado.

Nada de esfregar o focinho no chão ou bater com jornal no chão, como se fazia antigamente. Isso só faz com que o seu bebê fique assustado e pirracento! Desse modo, ele rapidamente vai saber o que irrita você, e como é muito esperto, quando quiser irritar você, já saberá o que fazer!

Quanto aos brinquedos, um filhote nessa idade precisa morder brinquedos específicos, porque a gengiva coça muito: os dentinhos estão nascendo/crescendo - brinquedos ideais para um filhote de pequeno porte: de corda, ou de plástico duro – ter cuidado com um tipo de osso que à medida que o cãozinho vai mordendo, vai ficando mole. Quando isso acontecer, o ideal é jogar fora e comprar outro, para evitar que o cãozinho se engasgue, o que pode ser perigoso.

Você deve decidir onde seu bebê vai dormir. Se você decidir que ele deve dormir sozinho, numa área de serviço, por exemplo, ele pode chorar nos primeiros dias, até se acostumar. É super normal. Nosso conselho é que, caso ele chore, você não vá vê-lo. Por que? O choro é um chamado, e se você volta, atende ao chamado dele, e ele vai sempre “chamar” por você, não vai se acostumar. Pode parecer cruel, mas é a maneira mais rápida para que ele se acostume. Dentro de alguns dias, com certeza, ele não chorará mais. Se você quiser colocá-lo para dormir no quarto, claro que vai chorar menos, mas de toda forma, hora de dormir é hora de dormir, e caso ele queira brincar durante a madrugada, finja que está dormindo, para que ele logo se aquiete e se acostume com seus hábitos.

Quando seu filhote chega em sua casa, ele ainda é novinho, e não sabe subir e descer do sofá. Então, se seu filho deseja ficar com o “bebê” no colo, até que o filhote aprenda a subir e descer sozinho, peça que ele se sente no chão com o filhote no colo, para evitar o perigo de uma queda quando seu filho estiver distraído.

Se depois de um período você sentir dificuldade de educar seu filhote, e quiser ajuda, sugerimos procurar profissionais especializados. Indicamos a empresa Lord Cão como uma opção excelente para que busque essa ajuda. São profissionais sérios, experientes e muito competentes. Dê uma olhada no site deles: www.lordcao.com.

Em termos de vacinação, seu filhote ainda não está imune, e sim em processo de imunização. Necessita concluir sua imunização, conforme assinalado em seu Atestado de Vacinação. Isso porque a medicina veterinária convenciona que, como um filhote sofre muito o efeito dos anticorpos maternos, uma só dose não é suficiente para imunizá-lo. Isto significa que mesmo que, por exemplo, você tenha um amigo que tenha um cãozinho todo vacinado, totalmente imune, se ele vai à rua, pode “hospedar” nele uma doença e transmiti-la para um filhote que está em processo de imunização. Por isso, seu filhote ainda não pode ir à rua, e nem ter contato com outros animais - até pelo menos 20 dias depois da última dose da vacina, para que a última dose tenha tempo de fazer efeito, para que não corra risco que pegar nenhuma virose.

O ideal por enquanto é chamar um veterinário em sua casa para dar continuidade a essas vacinas. Por enquanto, pelo mesmo motivo, não deve levá-lo para tomar banho em pet shops, para sua própria proteção. Ao final do Guia de Cuidados, estão os telefones de nossas veterinárias e de banhistas de nossa confiança.

As vacinas que seu filhote tomou estão assinaladas no Atestado de Vacinação, assim como o Controle Parasitário também está assinalado. E a orientação para a continuidade está marcada.

 
  Home  |   Quem Somos  |  Raças Criadas  |  Filhotes  |  Nossas Instalações  |  Dicas  |  Na Mídia |  Contato  |  Links Star Code Consultoria e Desenvolvimento de Sistemas
Canil Christal Kramer - Telefax: (21) 3157-7274 / Celular: (21) 99858-7445
Todos os direitos reservados ® 2011